Publicado em

CONS TRUC TIVE, de Júlio Aires

timeline FP

Júlio Aires nasceu em Viseu, em 1963.

Desde cedo manifestou interesse pelas artes e pela cultura, tendo participado em diversos eventos na cidade.

Ingressou na Cooperativa Árvore no Porto, nos anos 80. Mais tarde frequentou o curso de Design de Comunicação na FBAUP.

Na sua vida profissional desenvolveu diversos projectos na área de Design.

Ao longo do seu percurso de vida desenvolveu o gosto pela fotografia, tendo frequentado um dos cursos do IPF, no Porto.

Nos últimos anos tem vindo a desenvolver vários projectos fotográficos, tendo realizado diversas exposições individuais e colectivas.

Mapa_BR

A sua próxima exposição de fotografia inaugura a 1 de Abril na Galeria Geraldes da Silva. O projecto documental que será apresentado, iniciado a 1 de janeiro de 2016, tem como conceito subjacente a Arquitectura. A curadoria é de Ruben Malia.

Publicado em

Dia do Livro Português

DIA DO LIVRO PORTUGUES - BR

Hoje, dia 26 de Março, começou oficialmente em Portugal o horário de Verão 2017 (na madrugada de sábado para domingo), tendo sido os relógios adiantados uma hora, sendo por esse motivo este o dia mais curto do ano, pelo facto de desaparecer uma hora em todos os relógios.

É também o Dia do Livro Português, criado pela SPA (Sociedade Portuguesa de Autores) com o intuito de destacar a importância do livro e da língua portuguesa em todo o mundo e no saber da humanidade em geral.

Foi no dia 26 de Março de 1487 que se imprimiu o primeiro livro em Portugal: o “Pentateuco”, em hebraico, que saiu das oficinas do judeu Samuel Gacon, na Vila-a-Dentro, em Faro. Já o primeiro livro escrito em português foi impresso no Porto, dez anos depois, a 4 de Janeiro de 1497. Produzido pelo primeiro impressor luso, Rodrigo Álvares, o livro tinha o título de “Constituições que fez o Senhor Dom Diogo de Sousa, Bispo do Porto”.

Entre os grandes livros da literatura portuguesa encontramos:

capa-mensagem250

MENSAGEM“, de Fernando Pessoa, “Os Lusíadas“, de Luís de Camões, “Os Maias“, de Eça de Queirós, “Amor de Perdição“, de Camilo Castelo Branco, “Auto da Barca do Inferno“, de Gil Vicente, “Memorial do Convento“, de José Saramago, “Sermão de St. António aos Peixes“, de Padre António Vieira, “Peregrinação“, de Fernão Mendes Pinto, “As Pupilas do Senhor Reitor“, de Júlio Dinis, “Bichos“, de Miguel Torga, “Viagens na Minha Terra“, de Almeida Garrett, “Aparição“, de Vergílio Ferreira, “Rimas“, de Bocage, “O Livro de Cesário Verde“, de Cesário Verde, “Clepsidra“, de Camilo Pessanha, “Gaibéus“, de Alves Redol, “Balada da Praia dos Cães“, de José Cardoso Pires, “Mau Tempo No Canal“, de Vitorino Nemésio, “As Mãos e os Frutos“, de Eugénio de Andrade, “A Sibila“, de Augustina Bessa-Luís, “Pena Capital“, de Mário Cesariny, “O Medo“, de Al Berto, “A Colher na Boca“, de Herberto Helder, “Felizmente Há Luar!“, de Luís de Sttau Monteiro, “Sinais de Fogo“, de Jorge de Sena, “Charneca em Flor“, de Florbela Espanca, “Poesia“, de Sophia de Mello Breyner Andresen, entre muitos outros, tais como:

Continuar a ler Dia do Livro Português

Publicado em

Exposição de Fotografia Pedro Couto

Cartaz Exposição Casa de Chá de Santo Tirso 213x125

Exposição de fotografias de Pedro Couto na Casa de Chá de Santo Tirso.

Venha tomar um chá, ver alguns dos trabalhos recentes, conversar um bocadinho sobre as histórias que algumas daquelas fotografias contam.

Local: Casa de Chá, Parque D. Maria II, 4780 Santo Tirso

Datas: De 31/03/2017 às 22:00h até 01/05/2017 às 22:00h

Sessão de abertura: 31/03/2017 às 22:00h

Palestra “Como se faz esta foto?“: 22/04/2017 às 18:00h (inclui sorteio de sessão de retrato entre os presentes)

Continuar a ler Exposição de Fotografia Pedro Couto

Publicado em

Azulejos – Maravilhas de Portugal / Wonders of Portugal

Azulejos – Maravilhas de Portugal_foto livro aberto capas-1500px

Fruto de uma longa e inovadora investigação com os mais reputados investigadores do azulejo em Portugal, vai ser publicado o mais aguardado e completo livro sobre esta modalidade artística maior do Património português.

O livro reúne os 40 locais com revestimentos em azulejo que, pela sua excepcionalidade, foram considerados Maravilhas de Portugal, numa cronologia extensa que começa na viragem para o século XVI e termina na actualidade. As fotografias revelam características únicas destes monumentais conjuntos cerâmicos, conduzindo o olhar do leitor a experiências de leitura ímpares. Os textos dos mais reputados investigadores, com as suas perspectivas actualizadas, fruto de estudos recentes, guiam o leitor através das ruas das cidades e dos seus equipamentos, assim como nos interiores de igrejas e palácios, de Norte a Sul de Portugal. A Fotografia e a História da Arte aliam-se, assim, nesta obra para construir um mapa muito particular de uma das artes que é justamente considerada um factor diferenciador da cultura portuguesa.

Azulejos – Maravilhas de Portugal_foto livro aberto capas-1500px - BRBR

«É toda esta variedade e diversidade que o presente livro procura mostrar através de uma selecção de 40 obras, revelados através das magníficas fotografias de Libório Manuel Silva e dos textos que sintetizam os estudos mais recentes sobre cada conjunto, escritos pelos mais reputados investigadores do azulejo em Portugal. Imagem e texto aliam-se, deste modo, a outros materiais adicionais, convidando o leitor a visitar os deslumbrantes espaços que agora se mostram, e sensibilizando-o para a importância do património azulejar em território nacional.»

Prof. José Meco in Prefácio

 

Das 40 obras seleccionadas no livro «Azulejos Maravilhas de Portugal / Wonders of Portugal», as mesmas se encontram distribuídas ao longo do país, de Norte a Sul de Portugal e desde o Minho ao Algarve, numa cronologia extensa que começa na viragem para o século XVI e termina na actualidade, incluindo núcleos azulejares perfeitamente contemporâneos, ocupando no seu todo 336 páginas a cores num livro com mais de duzentas imagens a cores com um impacto sem comparação com o que até hoje foi publicado, textos em português e inglês, impressão em papel couché, encadernação de grande qualidade em capa dura, o que representa uma excelente oferta quem realmente merece, podendo desta forma associar-se ao magnífico património azulejar existente em Portugal, de uma forma totalmente diferenciadora.

capa-livro-ca-azulejosmaravilhasdeportugal190

Azulejos – Maravilhas de Portugal / Wonders of Portugal

Continuar a ler Azulejos – Maravilhas de Portugal / Wonders of Portugal

Publicado em

WALKING THE HORIZON

CARTAZ2 - BR

Apresentação da exposição “Walking the horizon” com fotografia de Nora Goerne e poesia de Nout Van Den Neste. “Walking the horizon” explora na fotografia e na poesia escrita especificamente para a exposição conceitos de distância, memória e paisagens diferentes em combinação com um estilo impressionista e contemplativo. O que significa ver outras pessoas caminhar e olhar na distância, lembrar-se as paisagens diferentes de viagens numa memória meio esquecido, descrever a distância que é inerente em cada olhar, o horizonte que caminhamos e que vemos outras pessoas caminhar? São perguntas que precisam de ser sentido para compreender.

Continuar a ler WALKING THE HORIZON

Publicado em

O livro de FOTOGRAFIA mais vendido em Portugal

capa-livro-ca-fotografia-9ed-1000px

«FOTOgrafia: Luz, Exposição, Composição, Equipamento e Dicas para Fotografar em Portugal», da autoria de Joel Santos é não só o livro de FOTOGRAFIA mais vendido em Portugal, mas também uma referência fundamental para quem pretende realmente dar os primeiros passos na fotografia.

Trata-se de uma obra de referência sobre os principais temas da fotografia digital, transmitindo conhecimento teórico e prático de forma estimulante, com o objectivo claro de fazer do leitor um melhor fotógrafo.

foto-contracapa

O livro «FOTOgrafia: Luz, Exposição, Composição, Equipamento e Dicas para Fotografar em Portugal» está dividido em capítulos de fácil leitura, amplamente ilustrados com imensos exemplos práticos, tabelas, esquemas e demais informações extremamente úteis:

Continuar a ler O livro de FOTOGRAFIA mais vendido em Portugal

Publicado em

Passeio Fotográfico

cartaz2_web.jpg_novo

Vamos passar o dia em convívio, a apreciar a paisagem, a vida rural, o património do Tramagal, o Tejo, visitar os vinhedos e pinhal da Coelheira, a queijaria Brejo da Gaia e… fotografar, com o fotógrafo Paulo Jorge de Sousa, que o irá ajudar a usar o melhor enquadramento, o melhor ponto de vista, a melhor composição ou a melhor técnica para fazer aquela fotografia que ainda não sabe como fazer.

O passeio, fácil, desenvolve-se por cerca de 4 Km.

Dia: 25 de março de 2017

Horário: 9:00h a 17:30h

Local de encontro:  Largo dos Combatentes da Grande Guerra, em Tramagal.

Continuar a ler Passeio Fotográfico

Publicado em

Inauguração da exposição “TERRA”

convites_digitais-01 - BR

A exposição de fotografia e poesia Galego-portuguesa intitulada “Terra” reúne fotógrafos e poetas que partilham por pares as suas particulares maneiras de ocupar a folha em branco. A exposição teve o seu ponto de partida num conjunto de fotografias às quais se juntaram poemas, inéditos e não só, que foram aconchegados para fornecer outros pontos de fuga. O resultado é um mosaico memorável, multidisciplinar e multiperspectivado.

Fotografias de: António Pinto, Anxo Cabada, Catarina Almeida, Diogo Cardoso, Fernando Ribeiro, Iván Merayo, João Madureira, Maribel Valdivieso Varela, Santi Amil, Xosé Luís Alonso.

Poesia de: Alfredo Ferreiro, Amadeu Baptista, António Fortuna, Berta Dávila, Carlos Da Aira, João Madureira, José Braga-Amaral, Ramiro Torres, Virgínia do Carmo, Yolanda Castaño.

Exposição cedida pela Associação Eduardo Ferreira Pinto, Amarante e propriedade da Associação Galego-portuguesa Cultura que une.

Continuar a ler Inauguração da exposição “TERRA”

Publicado em

Portugal vence o “World Photographic Cup” pelo 2º ano consecutivo

Foto com premio WPC2017

(fonte da imagem: WPC)

Resultados Oficiais: WPC_2017_OFFICIAL_RESULTS

No comunicado de imprensa do “World Photographic Cup” lê-se:

At the World Photographic Cup 2017 … Portugal strikes again!

Portugal voltou a vencer o “World Photographic Cup“.

O anúncio do vencedor foi efectuado hoje (dia 23 de Março de 2017) em Yokohama, no Japão.

EDFTPR BR Livros Técnicos de FOTOGRAFIA

Descontos e Portes gratuitos

 

Portugal ganhou em 2017 e pelo segundo ano consecutivo, o “World Photographic Cup” com um total de 34 pontos.

O segundo lugar foi para os Estados Unidos da América, com a Rússia no terceiro lugar.

Continuar a ler Portugal vence o “World Photographic Cup” pelo 2º ano consecutivo